Cuidado com o que está vendo !!!!



"A boca fala do que o coração está cheio." Sabem quem proferiu essa frase??? O mestre dos mestres: JESUS!!! Sabe,é uma grande verdade. Todos nós nos divertimos fazendos comentários aqui e alí sobre algo ou alguém,mas sabemos,sim...temos plena consciência quando estamos sendo malidicentes,maldosos,quando vamos magoar e sabe por que? Por que já sentimos isso na pele. Simples assim,e nem é a Oi.Quando a situação aperta costumo contar uma história pros meus alunos,vou contar pra vocês,mas não lembro agora a autoria,nem onde encontrei,mas deixa uma ótima lição,não importando se somos os agentes ou os passivos receptores,em algum momento vamos lembrar dela. Eu lembrei hoje, por razões que não convém mencionar.Lá vai:

Um homem muito bem sucedido,porém profundamente infeliz,decide mudar de cidade,ir para bem longe.Depois de rodar muito em seu possante carrão,escolheu seu destino. Uma pequena cidadezinha que em nada se parecia com a selva de pedras onde morava,era pequena,pacata e ao que tudo indicava pela placa na estrada,tinha poucos moradores. Incerto sobre a distância que ainda tinha a percorrer,resolveu se informar com um senhor de idade que estava sentado a beira da estrada,calmamente enrolando seu cigarro de palha,deu-se o diálogo:

- Bom dia! Estou muito longe da entrada da cidade?(o nome da cidade não consta na mensagem,eu nunca soube)- Perguntou o homem

- Não senhor! É logo alí,siga em frente,quebre de banda e tá lá - disse o velho

-Me diga uma coisa,que tipo de pessoas vive nesta cidade? - Perguntou o homem

- Que tipo de gente vivia lá onde o senhor morava? - Perguntou de volta o velho

- Ah uma gente mesquinha,invejosa,ignorante,agressiva e mentirosa. - Descreveu o homem

- É esse tipo que o senhor vai encontrar por aqui também. - Respondeu o velho

Calmamente o velho voltou a enrolar o seu cigarrinho,sem prestar atenção ao homem que o olhava chocado.Fez a volta e foi embora,desistindo da cidadezinha.Ele entendeu o que o velho lhe disse? Não sei! Eu entendi e você???

Perdoem as diferenças aqui e alí,é licença poetica,por que tive que contar de cabeça,mas a assência é essa mesmo,ok? O importante é o proveito que tiramosda história.

Com este post abro os trabalhos de 2011,esperando produzir mais esse ano,pelo menos me comprometendo em tentar ;)

Um cheirinho!

Vivi Oliveira.

2 comentários:

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

muito bom esse post, Vivi. A gente reclama quando é atingido por um comentário infeliz, por alguma crítica. Mas ao mesmo tempo adoraaaaaaamos criticar, repudiar coisas, exercer nossa ignorância.

bjs

Regina Laura disse...

Quanta verdade Vivi!!
A gente encontra aquilo com o que estamos sintonizados pela alma.
Adorei a história! :D
Beijo grande